Nachtcafe

Thursday, November 09, 2006

I. House e New Haven


Com Anuj e Masa, da I. House

Apesar da correria, fiquei muito feliz em poder rever alguns bons amigos da I. House. Na foto acima estao dois dos meus vizinhos, grandes entusiastas das sessoes de filmes de terror japones no nosso lounge do terceiro andar - das quais preferia me ausentar - e com quem compartilhei boas conversas madrugadas a dentro.

Tambem passei rapidamente pela minha "segunda casa" para reencontrar ao Marco, meu vizinho de quarto e que ainda mora por la. E como nos velhos tempos, batemos um bom papo no pub. Regados a suco de maca, como de costume...



Prima Lizete, indo para o trabalho em Times Square

No dia seguinte, peguei o trem rumo a New Haven para encontrar outro camarada dos tempos da Poli. Sai junto com a minha prima Lizete, que gentilmente me ofereceu abrigo durante a minha estada em NY. Ela recentemente foi transferida para a cidade e esta trabalhando como advogada em um escritorio local. Obrigado pela hospitalidade mais uma vez, Zete!


Biblia de Gutemberg em Yale


Renzo e Ana Laura, com New Haven ao fundo

No caminho para Boston, passei rapidamente por New Haven para visitar o Renzo e a Ana Laura. Recentemente eles retornaram aos EUA, depois que o Renzo foi convidado para lecionar em Yale como professor visitante.

Como muitos de nos que participamos do Gremio Politecnico, o Renzo e um engenheiro "diferente". Depois de fazer seu mestrado em educacao, ele continuou seus estudos em Columbia, onde completou seu doutorado em antropologia no ano passado. Assistir a uma de suas aulas foi uma das experiencias mais gratificantes de toda a viagem, por ter acompanhado, mesmo a distancia, aquilo o que ele e a Ana Laura tiveram de enfrentar para chegarem aonde estao.

SIPA reunion

Ao contrario do que o "Nachtcafe" possa deixar transparecer, foram tres meses de trabalho (cof, cof) bastante intenso. A partir de agora, ate meados de fevereiro, vamos ter um periodo com tempo relativamente flexivel para nos dedicarmos aos projetos de pesquisa (mais sobre este tema em breve).

Aproveitando a nova fase, resolvi tirar alguns dias para participar de atividades que ja haviam sido programadas com alguma antecedencia. Assim passei as duas semanas seguintes entre Nova York, Boston e Londres.

O primeiro item da agenda foi a participacao nas comemoracoes dos 60 anos da School of International and Public Affairs (SIPA), na Universidade de Columbia, em NY, onde fiz meu mestrado.



Com a Eliza, manda-chuva do Institute of Latin American Studies (ILAS), aos pes da Alma Mater (cortesia: Eliza)


Comecei visitando a SIPA, onde reencontrei alguns amigos e visitei a Teresa, no Center for Brazilian Studies. Tambem conversei brevemente com o diretor executivo do ILAS Thomas Trebat. Em seguida almocei com a Eliza - sim, ela mesma que curte Kid Abelha e gosta de deixar mensagens ao lado :) - no bom e velho Cafe Swish. A noite fui a recepcao aos alumni da SIPA na sede da ONU. Foi muito legal rever tante gente conhecida e ouvir historias de colegas espalhados mundo a fora. Quanta coisa aconteceu em um ano!



Amigos da SIPA (cortesia: Beatriz)



Prof. Stiglitz autografando seu mais recente livro "Making Globalization Work"

O dia seguinte foi dedicado a uma serie de eventos em Columbia. Depois da palestra pela manha com Joseph Stiglitz, nobel de economia em 2001, tivemos uma breve sessao com o Prof. Trebat sobre o contexto politico na America Latina.

Entre um evento e outro aproveitei para discutir minha pesquisa com o professor Albert Fishlow e "apresentei" Columbia a minha prima Lizete, que se mudou recentemente para NY e atualmente esta trabalhando com direito corporativo como advogada em um escritorio local.

A tarde ainda participei de um seminario sobre globalizacao financeira e comercio internacional coordenado pela Profa. Merit Janow, diretora do programa de Politica Economica Internacional, minha area de concentracao durante o mestrado, e membro do Comite de Apelacoes da Organizacao Mundial do Comercio.

Alias, rever alguns "mentores" me fez lembrar que, em grande medida, minha opcao pela especializacao em comercio internacional deveu-se a professores como Fishlow e Janow, que sempre ofereceram generoso apoio, orientacao e estimulo intelectual.


Homenagem a James Wolfenson

A noite tivemos um jantar em que foram prestadas diversas homenagens, em particular a Richard Gardner, ex-embaixador dos EUA na Italia e professor da SIPA, e a James Wolfenson, ex-presidente do Banco Mundial.


A Flauta Magica

Mesmo com um exame no dia seguinte, resolvemos assistir "A Flauta Magica" (Zauberfloet, em alemao), de Mozart, na casa de opera local. O ingresso era bastante acessivel, menos de 10 euros, e a casa nao estava cheia. Em comparacao, os ingressos para a mesma apresentacao, com uma montagem brasileira, esgotaram-se meses antes em Sao Paulo!

Aproveitamos para nos despedir da Elena (primeira a esquerda, na foto) , que voltou para Russia depois de fazer um estagio de tres meses no Kiel Institute.


A Flauta Magica


Schwerin

Jenny, Lucia, Szilard e Jose em Schwerin


Vista da torre

Num bate-e-volta, fizemos uma rapida viagem a Schwerin, a capital do estado de Mecklenburg-Western Pomerania. Situada a pouco mais de 2h de trem, Schwerin e uma cidade charmosas situada numa regiao que fazia parte da antiga Alemanha Oriental. Por sinal, os vestigios daquele periodo ainda sao visiveis por toda parte, seja pela arquitetura ou pela infra-estrutura precaria para os padroes germanicos.



Vista da torre - parte 2

Esse passeio foi feito num final de semana em que tivemos aulas de econometria (estatistica aplicada). Mas pouparei os visitantes da pagina desta vez... :)